quarta-feira, outubro 04, 2006

Lentamente de volta à reeducação

Depois da semana passada, em que "relaxei" um pouco a reeducação alimentar, sem no entanto ter deitado tudo a perder, estou a voltar lentamente aos padrões de alimentação saudável.

É verdade que em Lisboa cometi alguns excessos:

Comi uma sobremesa quando fomos jantar fora, mas pedi o menos calórico da lista. Era um doce feito com queijo branco e frutos dos bosques com um bocadinho de compota. Em compensação nesse jantar pedi salmão grelhado com legumes.

Comi demais no ultimo dia ao jantar, pois repeti 2 vezes arroz com frango. Basicamente foi para não deitar os restos fora, o que detesto, mas sinto que tb me descontrolei um bocado.

Também fiz por manter alguns habitos saudaveis que estipulei para esta reeducação:
Tomei sempre o pequeno almoço de manha mesmo que estivesse atrasado.
Fiz sempre um pequeno lanche da tarde.

Fazendo um balanço total, acho que até me comportei bem. Não engordei na pesagem de ontem e isso foi optimo! Agora é continuar em frente, e começar de novo. Todos os dias são bons dias para recomeçar.

Hoje aconteceu-me uma coisa engraçada. Voltei a fazer trabalho de laboratório depois de muitos meses em que não pus lá os pés. Tenho estado mais no gabinete com artigos para escrever, congressos para preparar, projectos para submeter, entre outras coisas. Acontece que tive de vestir a bata...e para grande contentamento meu... ela estava mais folgada! Ela já estava mesmo apertada, apesar de ser XL e desta vez senti-a bem mais larguinha. Quer dizer...ainda não fico a "nadar" lá dentro, claro, mas já se nota! Isso foi optimo para levantar a moral.

Hoje o dia foi assim:

P/A
1 banana
1 queijo fresco
2 fatias de fiambre de peru magro

Almoço
frango assado
2 colheres de arroz
salada de alface e tomate

Lanche
1 sandes de queijo flamengo
1 iogurte liquido

Jantar
salada com 1 ova de bacalhau (pequena) ervilhas, cenoura ralada, delicias do mar (surimi), miolo de camarão, fio de azeite

Ceia
1 iogurte natural
2 ameixas

Hoje abri o correio e tinha 1 folheto de hipermercados a fazer publicidade a .... artigos alimentares de NATAL! Montes de chocolates, bombons, bolachas, bolinhos, frutos secos, etc, etc! Por favor...estamos em OUTUBRO! Começam com 3 meses de antecedencia!!???!!

Está bem que o Natal é quando o Homem quiser... mas poupem-me!! Para a maioria das pessoas as festas de Natal e Fim de Ano representam uns bons kilos a mais na balança. Altura de excessos alimentares "permitidos" e "incentivados". E geralmente são só duas semanas! Para quê começar com 3 meses de antecedencia?

Ainda mal acabou o Verão (no hemisfério norte..hehehe), onde se calhar as pessoas fizeram montes de sacrificios para perder uns kilinhos para ir à praia sem complexos, para comprar um bikini mais curto, e já lhes estão a dar pretextos para engordar! Aqui fica a minha indignação! Vou fazer um boicote a artigos de Natal (comestiveis, é claro) até ao próprio DIA DE NATAL!

Agora vou ver os blogs amigos! :)

3 comentários:

Teresa disse...

Ola Rui Boa tarde
Ontem passei por aqui deixei um comentário, mas acho que não seguiu. Pois Rui a nossa cozinha é tão boa que é dificil de resistir, mas dias não são dias. Quanto assunto do NaTal, aqui é a mesma coisa. Imagina que no fim de Setembro nas grandes surfaces comerciais já hã efeites e tudo o que se relaciona com o Natal, uma verdadeira loucura, O natal para mim já há muito que deixou de ter o espirito da familia, agota é troca por troca, e muito material. O que me acontece é que quando chega o mês de Dezembro já deito Natal pelos olhos, isto sem falar dos montes de publicidade que nos chega a caixa do correio (um desperdiçar de dinheiro) mas enfim. Tenho pena que não deixei acabar as estações como antigamente e nos deem tempo de ao menos ver uma estação partir e outra chegar, assim parece que vem tudo junto como um embrulho. Desejo-te um resto de uma boa semana e segunda cá estarei para saber novidades.
Beijinhos
Teresa

Susana disse...

Olá.
Olha em relação a mandar restos fora eu tb pensava assim e penso, mas um dia li um artigo em que falava sobre essa maneira de pensar das pessoas em que o médico contava uma consulta que teve e a senhora tb pretendia emagrecer e tb pensava assim, e ele virou-se para ela e perguntou-lhe se ela por acaso tinha cara de caixote do lixo, e que se não é nao tem nada que deitar os restos de comida no estomago dela.
E que o comer nao tinha sentimentos e quando restava mandava pró lixo mesmo.
E olha isso deixou-me a pensar.
Enfim...
Em relação aos folhetos, realmente começa o negócio a trabalhar!!
O Natal já nao é o que era, porque os comerciantes só pensam em facturar e quanto mais cedo melhor!
Qualquer dia no Carnaval já temos artigos de natal.
Beijokas e bom findi

Andreia Peretti disse...

OOOIIII Ru, quanto tempo! Saudades! Vc continua emagrecendo, parabéns, hein? E nem acho que vc excedeu muito na sua viagem, não! E adorei sua revolta quanto a alimentação de Natal, me poupe mesmo, né? Pra que o comércio quer tanto que a gente coma no Natal, por um acaso Natal é comer? Não, né? Natal é rezar, mmmaaassss o capitalismo faz com que ele seja uma data para gastar dinheiro,,,,presente e monte de comida! Eu, hein? Natal passado eu não cometi excesso porque estava de regime, ou seja, vivo de regima,,,,ainda bem, se não estaria beeemm gorda! Ai,ai,socorro! E que Deus nos ajude. Abraços e devagar e sempre,,,,viu?